PÁGINA OFICIAL DA CONCELHIA DA AMADORA DO CDS-PP
Com outra ambição, a Amadora pode ser diferente. Pode ser um local aprazível e seguro para viver, mas também um município dinâmico e inovador, capaz de atrair investimento e gerar empregos qualificados. Mãos à obra, porque a Amadora merece uma nova esperança, um novo rumo, um futuro melhor!



segunda-feira, 23 de junho de 2008

CDS-PP suspeita de negócio imobiliário no Mercado da Venteira

.
Confirmando os rumores que há muito circulavam na Amadora, a Junta de Freguesia da Venteira decidiu promover um estranho projecto imobiliário no terreno onde se situa o mercado daquela freguesia, no centro da cidade da Amadora

A proposta foi aprovada no passado dia 11 de junho pela Assembleia de Freguesia, com os votos favoráveis do Partido Socialista e do Partido Social Democrata.

A coberto da necessidade de requalificar o mercado, a Junta Freguesia lançou um concurso de ideias, a que se apresentou um único concorrente – uma empresa de construção civil – que propõe substituir o mercado por um conjunto de edifícios de habitação, com 3 pisos e 28 apartamentos.

Em troca deste negócio, cujo valor ultrapassa os 7 milhões de euros, a referida empresa compromete-se a construir um pequeno mercado no piso térreo do empreendimento.

A bancada do CDS-PP na Assembleia de Freguesia da Venteira votou contra este projecto:

1. Por considerar que é contrário ao interesse da cidade que o Mercado da Venteira seja substituído por mais um empreendimento residencial, num concelho que apresenta já a maior densidade populacional do país;

2. Por considerar indecoroso que seja a própria Junta de Freguesia a promover a especulação imobiliária, a coberto de um projecto de reabilitação do mercado;

3. Por entender que o negócio é altamente desequilibrado e lesa o interesse público;

4. Por considerar que a alteração do uso do terreno não respeita o Plano Director Municipal;

O CDS-PP vai questionar o Presidente da Câmara Municipal da Amadora sobre este negócio, com o objectivo de saber se Joaquim Raposo é favorável ao mesmo e se a autarquia está disponível para licenciar este vergonhoso projecto imobiliário.

CDS-PP Amadora

16 comentários:

Anónimo disse...

Exmos. Srs.
-e em particular ao Sr. Castanheira por quem, tenho até, alguma estima

Antes de proferirem falsos testemunhos seria interessante conhecerem do que falam - evitariam assim fazer figura de "ignorantes".


Recordo-os que o processo é público e como tal poderá ser consultado na Junta de Freguesia da Venteira

João Castanheira disse...

Lamento mas é a nossa opinião. E nós conhecemos o processo.

Na falta de concorrentes que proponham uma verdadeira requalificação do mercado (e não uma operação imobiliária), dever-se-á esperar um pouco mais. Há seguramente agentes económicos interessados numa vedadeira parceria para a dinamização do mercado.

E, em última análise, cabe à Câmara Municipal resolver o problema. Porque a Venteira não é menos do que a Brandoa ou do que outras freguesias onde se fizeram investimentos nesta área.

Não tenha dúvidas de uma coisa: construir 28 apartamentos em cima do mercado seria um erro grave, que perduraria para o futuro como exemplo do que não se deve fazer numa cidade do século XXI.

Às vezes, quando nos envolvemos num projecto - ainda que com as melhores intenções - não nos apercebemos das suas reais consequências.

joão ribeiro disse...

DEIXO AQUI A MINHA NOTA DE CURIOSIDADE...

ANTES ESTE ARTIGO TINHA 5 ORDENS DE RAZÃO !!!

A ULTIMA ( A SABER ) AQUELA QUE DEFENDIA A SOCIEDADE QUE DETINHA A CLAUSULA DE REVERSÃO DESAPARECEU !!!

--- HÁ CURIOSIDADES !!!

Soraia Amade disse...

estes senhores do CDS-PP da amadora e da venteira não foram eleitos nas listas do PSD que defendiam perante os eleitores este mesmo projecto que agora diabolizam?

ou agora defendem o fecho do mercado e entrega do terreno ao titular da clausula de reversão? - esse sim um negocio chorudo !!!

Pedro Costa disse...

Errado! Segundo julgo saber, os autarcas do CDS-PP foram eleitos nas listas da Aliança Democrática pela Amadora, cujo programa eleitoral para a freguesia defendia a "requalificação e a dignificação do mercado". Não a construção de prédios no terreno do mercado.

Quanto ao resto, mantendo-se apenas um mercado, não há reversão nem negócio para ninguém. Será esse o problema?

Anónimo disse...

Exmos. Srs.
- e em particular o Sr. Pedro Costa

"mantendo-se apenas um mercado" - o mercado é publico, como tal convido-o a visitá-lo não apenas em altura de campanha mas no dia-a-dia.

Irá ver ( espero!) qual o problema.

Anónimo disse...

Política medíocre a destes senhores do CDS!
Informem-se antes de abrir a boca!

Anónimo disse...

Ja se sabe que o que este senhor quer e um parquiamento privado.Trabalhe meu senhor.

Anónimo disse...

Na minha opinião senhores do CDS-PP, este projecto imobiliário para o Mercado da Venteira , o qual o denominam de negócio suspeito, é só um negócio bastante bem estruturado a meu ver.

Porquanto, as condições actuais do Mercado da Venteira são efectivamente vergonhosas, condições de trabalho não estão de todo presentes, o que faz com que a actividade comercial exitente neste espaço esteja MORTA!

Portanto recomendo aos senhores do CDS-PP, que analisem primeiramente esta questão, e não o classifiquem como negócio suspeito.

Anónimo disse...

Sr. Castanheira,sera que ao menos sabe onde e o mercado?sera que e la faz as suas compras?Deveria ser o senhor a trabalhar por baixo de um teto a ruir,invista o senhor ja que e tao pratico.Falar mal e tao facil.

Anónimo disse...

Incostitucionalidade!! De certo ja ouviu esta palavra, mas sabe realmente o seu sigonificado?

Artigo 53º da C.R.P ( Constituição da Républica Portuguesa) , que se reporta a segurança no emprego, isto é , o interesse base deste projecto apresentado pela Junta de Freguesia Da Venteira.

Artigo 59º da C.R.P , Direitos dos trabalhadores ( de certo ao chamar negócio suspeito não tomou em conta estes artigos). AS alineas presentes neste artigo reportam simplesmente às condições dignas que devem ser dá-das aos trabalhadores, ás condições de higiéne em que devem ser prestados estes trabalhos, à assistência materia e se for necessário a reparações,e por fim á protecção das condições de trabalho!

O que so pode ser oferecido de facto pela Junta De Freguesia Da Venteira! Pois a posição, que transmitem ao dizer que este projecto de melhoramento do Mercado da Venteira se classifica como Suspeito, só os torna uns iletrados no que toca a projectos para melhoramente da actividade comercial da Amadora, para melhoramento de condições de higiene de uma ctividade comercial, para melhoramente das condições dos trabalhadores, e no fundo para um melhoramento da Cidade da Amadora.

Anónimo disse...

É UMA VERGONHA QUEREREM FAZER PRÉDIOS À FRENTE DAS NOSSAS CASAS! PORQUE NÃO SE LIMITAM A RECUPERAR O MERCADO COMO É A VOSSA OBRIGAÇÃO?

ACHO QUE DEVEMOS FAZER UM ABAIXO ASSINADO CONTRA ESTE PROJECTO.

Ana Maria disse...

Será que os senhores da Junta deixaram degradar o mercado para agora aparecerem com este negócio salvador? É preciso muita LATA para tudo isto.

eu assino Pedro Magalhães disse...

oh senhores do PP

vocês estão onde

o que fizeram pela cidade

já estiveram de acordo com o quê


ETERNAMENTE CONTRA

Anónimo disse...

Por falar em LATA, e se fosses escrever no BLOG do teu partido.Andas aos papeis.O que tu tens falta sei EU!

Anónimo disse...

O BLOCO CENTRAL DA VENTEIRA ESTÁ EM PÂNICO... PORQUE SERÁ?